Siga-nos!

Política

“Se for da vontade de Deus, Dilma cairá”, diz Eduardo Cunha

Ex-presidente da Câmara recorre a Deus após afastamento

Avatar

Publicado

em

Eduardo Cunha (PMDB/RJ) falou à imprensa nesta tarde, após seu afastamento do mandato de presidente da Câmara e suspensão do mandato.

Além de elencar uma série de pontos “questionáveis” na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), ele alegou estar sendo vítima de retaliação política devido a seu esforço para levar a votação do impeachment para o Plenário em abril. Ironizou, dizendo que isso ocorre “porque o PT gosta de companhia no banco dos réus”.

Quase imediatamente a divulgação de seu afastamento, o Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo anunciou que o PT irá pedir a “anulação do processo de impeachment com base na acusação de que houve desvio de finalidade do presidente da Câmara contra a chefe do Executivo”.

Em sua fala de hoje, o ex-presidente da Câmara, que sempre se identificou como evangélico em suas campanhas, desabafou: “Se for da vontade de Deus, vamos ter o afastamento de Dilma na próxima quarta-feira e o Brasil se livrará dessa era do PT”.

[youtube code=”hVsebhSWbAE”]

As menções do peemedebista a Deus são comuns nas redes sociais. Na ocasião, quando deu seu voto favorável ao impeachment, Cunha disse: “Que Deus tenha misericórdia desta Nação. Eu voto sim”. Ele dirigiu a sessão que teve 367 votos favoráveis e deu prosseguimento ao processo que agora está nas mãos do Senado.

Curiosamente, no início desta quinta, antes de ser afastado pelo ministro Teori Zavascki, do STF, o perfil oficial de Cunha no Facebook trazia a mensagem: “Que Deus abençoe a todos vocês”, além da imagem de um pôr do sol, com o versículo de Romanos 15:11 “E o Deus de paz seja com todos vós. Amém”.

Entre os milhares de comentários, havia muitos agradecendo o deputado pela “luta contra o PT”, alguns o criticavam, mostrando satisfação com seu afastamento. Um dos que obtiveram mais curtidas dos outros usuários da rede faz uma provocação e usa a Bíblia.

“O seu dia no STF chegou deputado: Isaías 10:1-2. “Ai dos que decretam leis injustas e dos escrivães que escrevem perversidade para prejudicar os pobres em juízo e para arrebatarem os direitos dos aflitos do meu povo, para despojarem as viúvas e para roubarem os órfãos”, dizia a mensagem.

Trending