Siga-nos!

Sociedade

Vizinho reclama do barulho e atira contra diácono da Deus é Amor

O crime aconteceu em Orlândia, interior de São Paulo, e o diácono encontra-se internado em estado grave.

Avatar

Publicado

em

O diácono da igreja Deus é Amor de Orlândia, Geraldo Barrili, foi baleado na última sexta-feira (19) depois de uma discussão com o vizinho Aristedes Agrela Ferreira, 68, que foi até a igreja reclamar do barulho.

Testemunhas disseram à polícia que o vizinho queria impedir o culto que aconteceria naquela noite colocando uma resina na fechadura da porta da igreja. Antes de disparar, Ferreira discutiu com um dos fiéis.

A filha do diácono, Gislene Dutra, 41, disse que seu pai tentou apartar a briga entre o fiel e o vizinho e acabou sendo atingido pelo disparo. O projétil atingiu um intestino, os rins e ficou alojado no corpo da vítima.

Geraldo Barrili está internado no hospital Santo Antônio e seu quadro de saúde é considerado grave.

Após o disparo o acusado tentou fugir em uma motocicleta, mas foi encontrado em uma chácara em Sales Oliveira, a família diz que Ferreira passa por problemas de saúde.

Trending