Siga-nos!

Política

Tribunal manda Google remover imagens de crianças com homem nu em exposição

Desembargadores mandaram remover imagens e vídeos onde o rosto de crianças não foi descaracterizado.

Publicado

em

ANÚNCIO

Desembargadores da Câmara Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiram, por unanimidade, acolher apelação do Ministério Público (MP) para remover imagens e vídeos onde crianças aparecem com homem nu no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM).

Na decisão, os desembargadores determinaram que o Google remova da plataforma YouTube vídeos contendo cena de crianças em contato com o homem em evento que ocorreu em setembro de 2017, apenas vídeos onde o rosto das crianças está descaracterizado podem ser mantidos.

ANÚNCIO

A empresa também deve remover dos resultados de sua ferramenta de pesquisa os endereços eletrônicos (URL’s) de páginas que disponibilizaram as imagens para denúncia, mas que não esconderam o rosto das crianças.

Segundo Fausto Macedo, do Estadão, participaram do julgamento os desembargadores Renato Genzani Filho, Artur Marques e Xavier de Aquino, acolhendo a apelação do MP.

O Google não quis comentar a decisão do tribunal, já que a medida se refere a um caso específico e deverá ser cumprida pela gigante de tecnologia.

ANÚNCIO
ANÚNCIO