Siga-nos!

Política

STF “estica a corda” e espera um passo em falso de Jair Bolsonaro

Presidente da República prometeu agir de forma legal contra abusos da Corte.

Michael Caceres

Publicado

em

Jair Bolsonaro e deputados aliados.
Bolsonaro e aliados (Foto: Marcos Corrêa/Agência Brasil)

O Supremo Tribunal Federal (STF) “esticou a corda” novamente, demonstrando claro desrespeito ao povo e a Constituição, enquanto aguarda um passo em falso do presidente Jair Bolsonaro e, assim, enquadrá-lo de alguma forma que justifique seu afastamento “em nome da democracia”.

A decisão do Plenário da Corte de dar o aval para o inquérito ilegal e inconstitucional impetrado pelo ministro Dias Toffoli e que está sob comando autoritário de Alexandre de Moraes, cujo objetivo é punir os críticos e perseguir apoiadores do governo Bolsonaro, aumentou ainda mais o clima de tensão entre os poderes da República.

No entanto, o presidente da República não tem cedido a pressão e age de forma coerente, alertando sob a ruptura do Estado democrático de direito e o risco de violação dos direitos fundamentais dos cidadãos brasileiros, como alertou na última terça, dia 16 de junho.

Com muitas “cartas na manga”, o presidente aguarda a “aproximação” para agir de forma assertiva, não dando oportunidade para que um golpe seja instaurado e ele venha a ser afastado da Presidência da República. Sem apoio popular, o STF vem sendo moralmente condenado por suas ações.

Trending