Siga-nos!

Política

Rodrigo Maia mantém engavetado fim do foro privilegiado há 3 anos

Delatado por executivos da Odebrecht, presidente da Câmara segue “intocável”.

Michael Caceres

Publicado

em

Rodrigo Maia. (Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Protegido sob a tutela dos “semideuses” do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não tem nenhum interesse em fazer andar o Projeto de Emenda à Constituição 10/2013, que prevê o fim do foro privilegiado.

O projeto está engavetado há 3 anos na mesa de Rodrigo Maia, mesmo após já ter passado pelo Senado e por duas comissões de Constituição e Justiça do Congresso Nacional. O presidente da Casa não quer enviar o texto para o Plenário.

De autoria de Álvaro Dias (Podemos-PR), o texto não interessa a Maia, pois colocaria pra andar investigações que envolvem o seu nome, como a delação de executivos da Odebrecht de que ele teria recebido R$ 1,4 milhão em propina entre 2008 e 2013, sendo apelidado de “Botafogo” nas listas de propina.

Alvaro Dias usou o Twitter para lembrar o período em que Rodrigo Maia mantém “mofando” o projeto na “gaveta do presidente da Câmara”. Ele diz que o foro privilegiado protege mais de 58 mil autoridades do país.

Trending