Siga-nos!

Política

Prefeito de Porto Alegre autoriza reabertura de igrejas

Marchezan havia sugerido que igrejas queriam reabrir para “faturar”.

Michael Caceres

Publicado

em

Nelson Marchezan (Reprodução/YouTube)

Após virar alvo de críticas por afirmar que igrejas tinham a intenção de reabrir para “faturar“, o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), liberou por meio de decreto o funcionamento de shoppings, bares, academias e igrejas, com uso de máscaras, distanciamento mínimo e ocupação máxima de 50%.

Os cultos religiosos em todo o estado já eram autorizados, desde que não excedesse a quantidade máxima de 30 pessoas, mas as medidas restritivas de prefeitos impediam que os religiosos se reunissem em algumas cidades, como era o caso de Porto Alegre.

Há duas semanas, Marchezan foi alvo de críticas por manter proibida as atividades e responder de forma preconceituosa, provocando a reação de pastores de todo o Rio Grande do Sul, quando acusou as igrejas de buscarem reabrir “por um motivo torpe, que é reunir pessoas para faturar”.

O relaxamento nas regras de isolamento na capital gaúcha acontece de forma gradual, sendo que os shoppings devem reabrir nos próximos dias.

Em todo o estado é seguido o modelo de bandeiras por cores para definir as permissões para cada cidade.

Trending