Siga-nos!

Mundo

“Precisamos de mais orações, não menos”, diz Trump

Presidente americano defende reabertura das igrejas nos Estados Unidos.

Michael Caceres

Publicado

em

Donald Trump. (Reuters / Leah Millis)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu em discurso na Casa Branca, na última sexta-feira  (22) que as igrejas são “essenciais” e que seria o momento delas serem reabertas.

Para o líder da maior potência mundial, os governadores deveriam permitir que as igrejas reabram e que ele irá tornar os cultos “essenciais”, se referindo aos serviços que têm permissão de manter as atividades.

“Queremos que nossas igrejas sejam abertas”, disse Trump. “Queremos nossos lugares de fé, sinagogas – queremos que eles sejam abertos. E isso vai começar a acontecer. Eu os considero essenciais, e essa é uma das coisas que estamos dizendo. Nós vamos tornar isso essencial”, continuou.

Segundo a Associação Evangelística Billy Graham, o presidente norte-americano classificou as casas de culto como “lugares essenciais que fornecem serviços essenciais”. “São lugares que mantêm nossa sociedade unida e mantêm nosso povo unido”, disse.

“Muitos milhões de americanos adotam a adoração como parte essencial da vida… Os governadores precisam fazer a coisa certa e permitir que esses locais de fé abram agora neste fim de semana. Na América, precisamos de mais oração, não menos”, enfatizou.

Trending