Siga-nos!

Mundo

Patria, apoiada pela Blackstone, planeja expansão na América Latina, Ásia

Publicado

em

A administradora de ativos brasileira Patria Investments Ltd, cujos acionistas incluem o Blackstone Group Inc, planeja usar os recursos de sua oferta pública inicial de US $ 588 milhões parcialmente para se expandir em novos mercados emergentes, disseram executivos na sexta-feira.

Patria, apoiada pela Blackstone, planeja expansão na América Latina, Ásia

Foto: (reprodução/internet)

O investimento e expansão

Leia também: Não há como realizar o carnaval carioca em julho, diz prefeito da cidade

O Patria levantou $ 326 milhões no IPO e os acionistas que venderem as participações receberão $ 262 milhões. A Blackstone, que adquiriu 40% do capital do Patria há dez anos, reduzirá sua participação para 14%.

As ações da Patria – que administra mais de US $ 14 bilhões em fundos de private equity, crédito, imóveis e infraestrutura – fecharam 17% em alta na estreia na sexta-feira.

As ações classe A foram cotadas a US $ 17 cada na oferta pública inicial, US $ 1 acima do limite superior de sua faixa de preço, refletindo uma demanda equivalente a 14 vezes a quantidade de ações oferecidas, disseram executivos do Patria em uma entrevista.

Veja também: Vacina russa pode ser totalmente produzida no Brasil até abril

A empresa foi avaliada em US $ 2,3 bilhões no IPO, e seu valor de mercado subiu para US $ 2,7 bilhões no fechamento do mercado.

O sócio-gerente sênior Olimpio Matarazzo disse que a Patria está feliz com sua nova base de acionistas, que inclui investidores de longo prazo.

O CEO Alexandre Saigh disse que a empresa está buscando aquisições no México, Colômbia, Peru, Chile e Brasil e pode posteriormente buscar uma expansão na Ásia.

Fique por dentro: Brasil registra 56.552 novos casos de coronavírus na sexta-feira

“Queremos ser os principais gestores de fundos de investimentos alternativos para países emergentes”, disse ele. “Ativos alternativos atraíram muito dinheiro com baixas taxas de juros globais.”

Os recursos também serão utilizados para aplicação em recursos próprios e aquisição de carteiras e canais de distribuição.

A Blackstone e a Patria concordaram em buscar o IPO para permitir que a empresa americana reduzisse sua participação depois que os fundadores brasileiros recusaram uma oferta de venda do controle.

Leia também: Brasil aprova uso de doses CoronaVac parcialmente fabricadas localmente

O IPO do Patria ocorre em um momento em que os gestores de ativos no Brasil estão obtendo ingressos recorde de investidores, em um momento em que a taxa de juros de referência na maior economia da América Latina está em uma baixa recorde de 2%. No ano passado, a arrecadação líquida para o setor somou 156,4 bilhões de reais, segundo o grupo setorial Anbima.

Traduzido e adaptado por equipe O Verbo News
Fonte: Reuters