Siga-nos!

Sociedade

“Pastor” será uma das “faces de Jesus” no desfile da Mangueira

Henrique Vieira diz que há preconceito do “fundamentalismo religioso” contra o Carnaval.

Michael Caceres

Publicado

em

Henrique Vieira e Leandro Vieira (Foto: Reprodução )

Com um samba-enredo que apresenta Jesus com “rosto negro, sangue índio e corpo de mulher”, a escola de samba Estação Primeira de Mangueira, do Rio de Janeiro, terá um suposto pastor desfilando.

Trata-se de Henrique Vieira, 32 anos, que seria ator, teólogo e historiador. Ele deverá representar “uma das faces de Jesus” no desfile organizado pelo carnavalesco Leandro Vieira, de 36 anos.

“O enredo me motivou e emocionou. O mais interessante é que em uma época em que se prega um Jesus bélico e intolerante, a Mangueira leva para a Sapucaí um Jesus mais parecido com o que está na Bíblia”, elogiou

Henrique também teria sido o responsável por auxiliar no estudo para a formação do conceito que será apresentado sobre Jesus Cristo, que evidentemente se apresenta contrário a Bíblia.

O tema adotado pela escola de samba é a famigerada “Teologia da Libertação”, que com uma teológica distorcida tenta aplicar ensinos socialistas de Karl Marx.

“Jesus é esse que ama incondicionalmente e se compromete, principalmente, com os mais vitimizados. Vejo respeito, seriedade e coerência bíblica por parte da Mangueira”, completou Henrique.

Segundo O Dia, o “pastor” defende o carnaval, afirmando que o preconceito contra a festa popular vem “por parte do fundamentalismo religioso, que generaliza”.

Trending