Siga-nos!

Sociedade

Nuvem de gafanhotos gera alerta na fronteira da Argentina com Brasil

Nuvem pode conter até 40 milhões de insetos, diz engenheiro agrônomo.

Michael Caceres

Publicado

em

Arvore tomada por gafanhotos (Foto: Reprodução)

O governo da Argentina está monitorando e já emitiu um alerta nesta segunda-feira (22) sobre uma nuvem de gafanhotos que está tomando a fronteira com o Rio Grande do Sul. Os insetos vieram do Paraguai e vinham sendo monitorados desde maio do ano passado.

Segundo projeção, os insetos podem chegar ao oeste do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, oferecendo grave risco as plantações da localidade. Eles já passaram pela província de Santa Fé no dia 17 de junho e continuam migrando a medida que buscam por alimento.

Para o Ministério da Agricultura da Argentina, a nuvem se movimentou por quase 100 quilômetros em um único dia, isso devido às altas temperaturas e ao vendo, sendo que possivelmente ela seja formada por até 40 milhões de gafanhotos.

Nas redes sociais é possível acompanhar vídeos que mostram o grande número de insetos que cobrem árvores inteiras e dificultam o tráfego de carros devido a baixa visibilidade. A nuvem chegou ao país no fim de semana passado e continua avançando.

A quantidade de insetos observados é capaz de consumir em um dia pastagens equivalentes ao que 2 mil vacas ou alimentos consumidos por até 350 mil pessoas, disse o engenheiro agrônomo argentino Héctor Medina à agência Reuters.

Trending