Siga-nos!

“Nunca questionei Deus por causa da doença”, diz Ludmila Ferber

Em fevereiro do ano passado os médicos disseram que ela tinha apenas seis meses de vida

Avatar

Publicado

em

Ludmila Ferber. (Foto: Reprodução / Facebook)

Diagnosticada com câncer no pulmão e metástase no fígado e nos ossos, a cantora Ludmila Ferber tem passado por tratamentos experimentais enquanto permanece firme na fé, crendo que Deus a esta guiando por um caminho de milagres.

Em um artigo publicado pela revista Veja, a artista contou que os médicos lhe deram seis meses de vida em 2018 e que em fevereiro deste ano ela comemorou um ano desta sentença.

“Tenho me ancorado na minha fé. Mesmo assim, o ano passado foi extremamente difícil. Meu caso é inoperável. É uma mutação rara da célula do câncer”, disse ela.

Ludmila tentou alguns tratamentos e hoje segue um protocolo experimental com quimioterapia oral administrada por 15 dias com pausa de outros 15 dias.

“Assim tenho vivido. Faço tomografias de dois em dois meses, e elas praticamente não mudaram em relação ao diagnóstico do ano passado. Os exames são um fato. Mas vivo numa realidade paralela: eu me sinto forte como uma leoa, continuo viajando, fazendo apresentações musicais em igrejas, no Brasil e lá fora”, testemunha.

O ministério de Ludmila não parou, tanto que ela lançou duas canções novas. Uma delas chamada “A Caminho do Milagre”, falando sobre esperança .

E ela tem esperança de que há muito a se fazer em vida. “Apesar de tudo, percebi que não tenho medo de morrer. Existe um versículo na Bíblia que afirma que “viver é Cristo, e morrer é lucro” — só brinco de dizer que esse lucro eu não quero tão cedo (risos)”, disse ela.

Ludmila diz que ama viver.

“Amo a vida com todos os desafios, dores e dificuldades que ela traz. A vida é um tesouro. Enquanto há vida, há esperança. Quero transmitir isso às pessoas. Ainda não venci o câncer, mas sigo no caminho. O que vem amanhã, não sei”, revelou.

Trending