Siga-nos!

Mundo

“Não foi Deus, nem a fé”, diz governador de NY sobre queda em contágios

Andrew Cuomo afirma que coronavírus está sendo vencido pela política proposta.

Neto Gregório

Publicado

em

Andrew Cuomo, governador de Nova York. (Bennett Raglin / Getty Images)

Andrew Cuomo, governador de Nova Iorque, falou sobre a queda nos números da pandemia de coronavírus em seu estado, mas asseverou que Deus não teve nada a ver com isso.

“O número está baixo porque diminuímos. Deus não fez isso. A fé não fez isso. Muita dor e sofrimento fizeram isso”, afirmou em discurso à imprensa na segunda-feira (13).

“É assim que funciona. É matemática”, diz ele sobre as medidas de isolamento e quarentena tomadas por seu governo.

Em entrevista à CNN, voltou a excluir Deus de qualquer relação com a pandemia. “Nosso comportamento parou a propagação do vírus. Deus não impediu a propagação do vírus. E o que fazemos, como agimos, ditará como esse vírus se espalhará”, afirmou à repórter Alisyn Camerota.

“Mudamos a trajetória do vírus por nossas ações. E essa é a lição realmente importante para mim”, completou.

Cuomo é do partido Democrata e vem sendo muito elogiado na imprensa brasileira. Seu nome é ventilado como adversário de Donald Trump nas próximas eleições.

Trending