Siga-nos!

Missionário brasileiro usa surf para evangelizar no Chile

Ao norte do país a cidade é atração turística e sedia grandes campeonatos de surf

Publicado

em

ANÚNCIO

A cidade de Iquique, ao norte do Chile, é o cenário de diversos circuitos de surf reunindo atletas nacionais e internacionais. O esporte que une nacionalidades também está sendo usado para evangelizar jovens e adultos, uma iniciativa do missionário Luis César Queiroz ligado à Junta de Missões Mundiais (JMM).

Luis tem usado o surf para atrair esportistas e levar a mensagem do Evangelho. Recentemente o missionário realizou o primeiro Campeonato do Projeto Manobra Radical para os alunos que aprendem o esporte com o missionário e aprendem também valores bíblicos.

ANÚNCIO

Na Igreja Batista Ebenézer da cidade aconteceu a “Noite do Surf” voltada especialmente para os participantes do campeonato que foram premiados após a competição na praia.

Nesse culto, realizado uma semana após a entrega dos prêmios, os surfistas de Iquique participaram de momentos de louvor e foram ministrados pelo missionário. Além dos alunos, seus familiares e amigos também estiveram presentes, expandido o trabalho de missão.

Mas o campeonato Projeto Manobra Radical não é a única maneira usada pelo missionário Luis César, durante o torneio chileno evangelizaram de forma criativa, atendendo diretamente os atletas.

ANÚNCIO

“Interagimos com os atletas na distribuição de água e pulseiras coloridas com o plano de salvação. Neste tempo, tivemos a oportunidade de orar com e pelos atletas entre uma bateria de outra, abrindo portas para a proclamação do Evangelho”, disse ele ao site da JMM.

A região de Iquique foi uma das regiões atingidas pelo terremoto de 8,2 graus que sacudiu o Chile no dia 1º de abril deste ano. César avisa que a cidade foi muito prejudicada pelo terremoto e que há muitas famílias que perderam suas casas e estão morando em barracas.

“Depois do terremoto [em abril] em nossa região, este é literalmente um tempo de reconstruir estruturas físicas e emocionais”, disse o missionário que tem recebido apoio da JMM.

ANÚNCIO