Siga-nos!

Sociedade

Maioria dos americanos quer religiosos fora da política

Pesquisa fala não apenas de igrejas cristãs, mas também de outras casas de culto

Avatar

Publicado

em

Líderes evangélicos oram por Donald Trump. (Foto: CBN News)

Uma pesquisa realizada pelo Pew Research mostra que a maioria dos norte-americanos querem que as igrejas – de qualquer credo – fiquem de fora da política.

Foram 63% do entrevistados se mostrando contrários à participação de grupos religiosos durante as eleições, contra 36% dos que concordam que as instituições expressem suas visões políticas e sociais.

Em outra questão, 76% dos entrevistados disse que as congregações religiosas não devem fazer endossos políticos; contra 23% que acreditam que as igrejas deveriam fazer isso.

O estudo ouviu 6.364 pessoas nos Estados Unidos em março deste ano e foi divulgado agora com alguns comentários de pessoas como o professor de democracia americana na Universidade de Notre Dame, David Campbell, que analisou o cenário de forma mais ampla.

“Antigamente os republicanos eram vistos como amigos da religião e os democratas eram vistos como neutros”, disse ele. Mais da metade dos adultos americanos afirmam que o Partido Republicano é favorável à religião (54%).

Já quando se fala no partido da esquerda, apenas um em cada cinco (19%) acha que o Partido Democrata é amigo da religião.

“Agora você vê um número crescente de pessoas dizendo: não, os democratas são hostis à religião”, analisa.

Trending