Siga-nos!

Sociedade

Luvas biônicas ajudam pianista brasileiro voltar a tocar

Publicado

em

ANÚNCIO

O aclamado pianista brasileiro João Carlos Martins não tocava com 10 dedos desde que perdeu o uso da mão direita em um assalto em 1995 na Bulgária.

Mas hoje ele voltou a tocar suas sonatas favoritas de Bach graças às “luvas biônicas” inventadas pelo designer industrial Ubiratan Bizarro.

ANÚNCIO
Luvas biônicas ajudam pianista brasileiro voltar a tocar
Foto: (reprodução/internet)

“Quando ele me mostrou as luvas, brinquei que eram para boxe, não para tocar piano”, disse Martins, 80, sobre as luvas pretas de neoprene feitas pela impressora 3D.

Veja também: Senador Flávio Bolsonaro, enfrenta cargas de enxerto no Brasil

As luvas têm hastes que fazem os dedos saltarem para cima depois de pressionarem as teclas e permitem que o pianista continue tocando.

ANÚNCIO
Luvas biônicas ajudam pianista brasileiro voltar a tocar
Foto: (reprodução/internet)

Martins se apresentou com orquestras importantes dos Estados Unidos e da Europa e gravou as obras completas de Bach para teclado, mas os ferimentos encerraram sua carreira. 

Por muitos anos ele brincou com uma mão e um polegar, mas perdeu o uso da mão esquerda devido à distonia focal, uma condição neurológica que afetava os músculos.

“Ser capaz de usar todos os dez dedos novamente mais de 20 anos depois é um milagre para mim aos 80 anos de idade”, disse ele.

Leia também: A AstraZeneca pretende trazer dados de vacinas fora dos EUA antes do FDA

Bizarro diz que teve a ideia da tecnologia de corrida de Fórmula 1. 

Ele gastou menos de US $ 100 para fazer o primeiro par para Martins e agora os exporta para a Europa sob a marca Bionic Extender Gloves.

Traduzido e adaptado por equipe O Verbo News

Fonte: Reuters

ANÚNCIO