Siga-nos!

Sociedade

Justiça proíbe gospel no Réveillon do Rio, mas música para orixás estará liberada

O sambista Diogo Nogueira, atração confirmada no evento, tem músicas que exaltam deuses de religiões afro

Publicado

em

ANÚNCIO

A pedido da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA), a Justiça proibiu que a cantora Anayle Sullivan participasse do Réveillon de Copacabana, evento promovido pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Alegando que uma apresentação gospel na festa pública violava os princípios de laicidade do Estado e da liberdade religiosa, a ação, porém, não impede que as demais atrações exaltem orixás das religiões afro.

ANÚNCIO

O cantor Diogo Nogueira, por exemplo, tem no seu repertório a canção “Contos de Areia”, que fala sobre orixás e exalta Oxossi e Iansã.

Além dos sambistas, se apresentarão na festa de ano novo os cantores Allyrio Mello, Ferrugem e o DJ Marlboro.

ANÚNCIO