Siga-nos!

Sociedade

Justiça condena Duvivier por tuíte pedindo “mata o véio da Havan”

Juíza do Rio de Janeiro também determinou a exclusão do verbo “matar”.

Publicado

em

ANÚNCIO

O militante de esquerda Gregório Duvivier foi condenado pela Justiça a pagar uma indenização de R$ 25 mil por danos morais ao empresário Luciano Hang, por ter usado o Twitter para pedir sua morte em maio do ano passado, quando escreveu: “to tisti alguem mata o véio da havan (sic)”.

Hang processou Duvivier por incitar a violência contra o empresário, que acabou sendo condenado pela juíza Maria Cristina Slaibi, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, que entendeu que o pseudo humorista excedeu o limite da liberdade de expressão.

ANÚNCIO

Em sua decisão a juíza aponta que ao utilizar o verbo “matar” em sua postagem ele acabou produzindo dano moral e precisa ser punido como meio de aprendizado, ou em “caráter repressivo-pedagógico”. A decisão judicial também determina a exclusão do verbo “matar” do tuíte.

“Sempre fui a favor da leveza, do humor e da ironia. Nunca desejei a morte ou incitei a violência. É preciso ter cuidado com as palavras, ainda mais neste momento em que as redes têm um poder absurdo”, escreveu o empresário nas redes sociais.

ANÚNCIO