Siga-nos!

Jovem viaja pelos EUA evangelizando celebridades

Ele revela que lê sobre os artistas e busca eventos onde eles estão para falar sobre o Evangelho

Avatar

Publicado

em

Dylan Novak e Tom Cruise. (Foto: Reprodução / Instagram)

Com apenas 25 anos, Dylan Novak tem um ministério diferente: ele procura celebridades por todos os Estados Unidos para evangelizá-las.

Tudo começou quando ele tinha 13 anos. Fã de quadrinhos de super heróis, ele ficou sabendo que uma convenção com celebridades desse universo estariam em sua cidade, ele passou a ler entrevistas sobre essas pessoas e viu que, assim como nós, as estrelas dos cinemas também precisam de salvação.

Ao Faithwire, Novak conta que assistiu um episódio do programa da Oprah onde Margo Kidder, que interpretava Lois Lane na série de filmes “Superman”, dizia que não sentiu “absolutamente nada” ao participar de um filme cristão chamado “Tribulation” (“Forças Diabólicas”, de 2000) e se declarou ateia.

“Eu senti como se tivesse levado um soco no estômago, porque foi quando a realidade me atingiu que Margot Kidder é exatamente como você, como eu e como todo mundo – ela é uma alma a caminho do céu ou do inferno”, disse Novak. “Naquela época, ela estava a caminho do inferno.”

Foi assim que ele se sentiu encorajado e decidido a falar sobre Jesus e começou a procurar os artistas. Kidder foi uma das primeiras com quem ele falou de Jesus e conseguiu conversar com ela por duas vezes.

Mas ela não foi a única, ao longo desses anos ele já conversou com vários artistas e até políticos, entre eles Donald Trump, hoje presidente dos EUA, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, Steve Martin (“Pantera Cor-de-Rosa”), Stan Lee (Marvel), Kate Flannery (“The Office”), Duane Chapman (“Caçador de Recompensas”), Charlie Sheen (“Dois Homens e Meio”), Pete Davidson (“SNL”), George Takei (“Jornada nas Estrelas”), Bret Michaels (Poison), e muitos outros.

Pelo Instagram (@celebrityevangelist), o jovem compartilha imagens dos eventos que vai e com os famosos que encontra. O encontro mais relevante para Novak foi o que ele teve com o cantor Jerry Lee Lewis, de 84 anos.

O encontro foi almejado após o jovem ler em uma entrevista que o pioneiro da música rockabilly estava preocupado se iria para o céu ou para o inferno. Por isso, Novak resolveu encontrá-lo e lhe dar um presente.

“Quando eu estava conversando com ele, o primeiro folheto que ele tirou do presente que eu havia lhe dado disse: ‘Como ter certeza de que você está indo para o céu'”, lembrou Novak.

“Ele se iluminou como uma árvore de Natal e disse à esposa: ‘Judith, ele sabia o que eu precisava'”.

Uma semana após a conversa em 18 de fevereiro, Novak disse que recebeu uma carta de Lewis. Nele, o cantor disse a Novak que “havia aceitado Jesus como seu Senhor e Salvador pessoal”.

“É tão louco ver como Deus pode abrir essas portas”, refletiu Novak.

Trending