Siga-nos!

Política

Jornalista do Globo avalia que “é hora de perdoar o PT”

Colunista diz que malfeitos cometidos já foram amplamente punidos.

Publicado

em

ANÚNCIO

Em um artigo publicado no jornal O Globo, o jornalista Ascânio Seleme teve a sandice de dizer que “é hora de perdoar o PT“, mesmo sabendo que os crimes cometidos pelo partido ainda não foram pagos. Ele afirma que não há como a nação se reencontrar se 30% da sua população for sistematicamente rejeitada.

A porcentagem, segundo o jornalista, diz respeito aos eleitores do Partido dos Trabalhadores, responsável por diversos crimes que continuam impunes, incluindo o roubo de bilhões de reais durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

ANÚNCIO

“Os que acreditam e sustentam o PT são a maioria do terço de eleitores perenes do partido, não os que foram flagrados nos dois grandes escândalos de corrupção que marcaram as gestões petistas”, avalia.

Seleme defende que os partidários petistas “têm que ser readmitido no debate nacional” e avalia que “passou da hora de os petistas serem reintegrados”. “Ninguém tem dúvida de que os malfeitos cometidos já foram amplamente punidos”, avalia.

Ele diz ainda que “a gritaria contra roubalheira já cansou” porque é “oportunista politicamente” e apesar dos crimes “o PT é maior que isso” e “para ladrões existe a lei”. Para ele o partido não voltará a cometer os mesmos “erros do passado” o que justificaria o perdão.

ANÚNCIO

“Claro que houve desvios de dinheiro público na gestão de Lula e Dilma, as provas são abundantes e as condenações não deixam dúvidas. Mas o PT é maior que isso e, como já foi dito, para ladrões existe a lei”, escreveu.

ANÚNCIO