Siga-nos!

Jogador não se ajoelha para Black Lives Matter: “só me ajoelho diante de Deus”

Sam Coonrod disse que por ser cristão não se ajoelharia em favor de grupo esquerdista.

Michael Caceres

Publicado

em

Sam Coonrod em pé (Foto: Reprodução/Twitter)

Para o jogador Sam Coonrod, do time San Francisco Giants da Major League Baseball, o ato de se ajoelhar em apoio ao movimento de esquerda Black Lives Matter vai contra sua fé, já que como cristão ele só poderia se ajoelhar diante de Deus.

“Sou cristão, então acredito que não posso me ajoelhar diante de nada além de Deus”, disse Coonrod, após ter ficado em pé enquanto dos os companheiros de time se ajoelharam na abertura da temporada.

O arremessador, de 27 anos, virou alvo de críticas por sua postura corajosa, quando recusou-se entrar em um movimento.

“Simplesmente não consigo entender algumas coisas que li sobre Black Lives Matter, como elas se inclinam para o marxismo. E … eles disseram algumas coisas negativas sobre a família nuclear. Eu simplesmente não consigo aceitar isso ”, ele disse.

O treinador da equipe de gigantes, Gabe Kapler, disse que respeitava a decisão de Coonrod, afirmando que aquela foi uma opção pessoal do jogador.

Trending