Siga-nos!

Sociedade

Jesus da Mangueira é o verdadeiro, acredita “pastor”

Elogiado pela imprensa, Henrique Vieira tenta atrair evangélicos com Cristo socialista.

Michael Caceres

Publicado

em

Henrique Vieira. (Foto: Reprodução / Twitter)

A escola de samba Estação Primeira de Mangueira tenta usar o pastor esquerdista, Henrique Vieira, para defender uma visão teológica distorcida sobre Jesus Cristo.

O samba-enredo da escola no Carnaval 2020 terá como tema a famigerada “Teologia da Libertação”, que tenta aplicar a visão de Karl Marx nos textos bíblicos para desconstruir as doutrinas cristãs.

Com um samba-enredo que apresenta Jesus com “rosto negro, sangue índio e corpo de mulher”, a escola terá Henrique Vieira como “uma das faces de Jesus” no desfile organizado pelo carnavalesco Leandro Vieira.

Ele interpretará o papel principal no desfile, que afirma ser o de “um Jesus de amor, justiça e defesa dos corpos oprimidos”. Vieira também foi quem ajudou a deturpar a história bíblica para o modelo socialista.

“Numa época em que se usa tanto o nome de Cristo para estimular o ódio, o preconceito, a violência, a opressão, a Mangueira vai levar para a avenida o verdadeiro Jesus da Bíblia”, disse o “pastor” ao UOL.

A escola usará a frase repetida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, como título do samba-enredo: “A Verdade Vos Fará Livre”, com base nos versículo 32 e 33 do evangelho de João, capítulo 8, que diz: “Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Trending