Siga-nos!

Mundo

Irã anuncia prisão de envolvidos em queda de avião

Regime ditatorial islâmico disse que culpados “devem ser punidos”.

Michael Caceres

Publicado

em

Hassan Rouhani (Foto: Ebrahim Noroozi / AP)

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou nesta terça-feira (14) que “alguns indivíduos” envolvidos na queda do avião ucraniano que matou 176 pessoas no dia 8 de janeiro, foram presos e deverão ser punidos.

Apesar de não informar quantas pessoas foram presas, nem os nomes delas, o presidente iraniano afirma que o regime punirá mais de uma pessoa envolvida no incidente.

“A responsabilidade recai sobre mais do que apenas uma pessoa”, declarou o presidente iraniano, Hassan Rouhani. Ele disse ainda que os culpados “devem ser punidos. As forças armadas iranianas admitirem seu erro são um bom primeiro passo. Devemos garantir às pessoas que isso não acontecerá novamente”.

Depois de assumir erros e negligências, Rouhani voltou a dizer que a tragédia com o avião tinha origem em agressões americanas, se referindo a morte de um de seus generais.

“Foram os EUA que criaram um ambiente agitado. Foram os EUA que criaram uma situação incomum. Foram os EUA que ameaçaram e levaram nosso amado (Soleimani)”, disse Rouhani.

Trending