Siga-nos!

Sociedade

Imprensa espalhou fake news sobre EUA ter comprado “todas” as vacinas da Pfizer

Empresa desmente informação de que não haveria mais doses disponíveis.

Michael Caceres

Publicado

em

Cientista trabalha com vacinas (Foto: CDC / Unsplash)

A imprensa brasileira divulgou amplamente a informação de que uma parceria entre o governo dos Estados Unidos, para a produção de 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, com as empresas Pfizer e BioNTech resultaram na compra de “todas as vacinas”.

O acordo envolvia um investimento de 2 bilhões de dólares para garantir 100 milhões de doses, além de outras  500 milhões de unidades a serem entregues ao longo de 2020/2021. Esse acordo, segundo a imprensa, deixaria o resto do mundo sem vacinas.

Em nota divulgada no Facebook, a Pfizer desmentiu a informação, esclarecendo que serão produzidas 1.3 bilhão de doses e ressalta que a companhia está em contato com os governos de todo o mundo.

Leia a nota:

– O governo norte-americano não comprou todas as doses que serão produzidas em 2020.
– O acordo estabelecido prevê uma compra inicial de 100 milhões de doses, seguida por uma compra de 500 milhões de unidades, com entregas a serem realizadas ao longo de 2020/2021.
– A Pfizer estima ter uma produção de 1.3 bilhão de doses entre 2020 e 2021.
– A companhia está em contato com os governos de todo o mundo, incluindo o Brasil, para disponibilizar sua futura vacina à população.

Julho de 2020
Pfizer Brasil

Trending