Siga-nos!

Igreja desiste de processo de R$ 1 bi contra Netflix por produção contra Jesus

Igreja Templo Planeta do Senhor pediu indenização por causa do especial de Natal do Porta dos Fundos.

Publicado

em

ANÚNCIO

A Igreja Templo Planeta do Senhor desistiu de uma batalha judicial contra a Netflix e a produtora Porta dos Fundos por conta do polêmico especial de Natal, intitulado A Primeira Tentação de Cristo, que foi ao ar no fim do ano passado.

No processo, a igreja esperava que tanto provedora global de filmes e séries como a produtora desembolsassem 1 bilhão de reais pelo conteúdo vilipendioso. A denominação liderada por Anselmo Ferreira de Melo Costa também pedia a retirada do vídeo do ar.

ANÚNCIO

Advogado, Costo dizia na ação que se sentiu desrespeitado na sua fé cristã quando o filme fez uma representação de um jesus homossexual, mas acabou desistindo da ação antes mesmo da Netflix e do Porta dos Fundos terem sido notificados.

O motivo da desistência seria pelo fato de a juíza Patrícia Conceição, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, não ter concedido o direito da Justiça gratuita. As custas do processo acabaram dando um prejuízo de 82 mil reais e, caso seguisse no processo, a conta poderia dobrar, se viesse a perder o processo.

ANÚNCIO