Siga-nos!

Mundo

Igreja chama de “blasfêmia” campanha que retrata médicos como santos

Porta-voz da Igreja Ortodoxa afirmou que profissionais “não pensam que são santos ou salvadores”.

Neto Gregório

Publicado

em

Médicos retratados como santos em Bucareste (Inquam / Octav Ganea /Reuters)

A Igreja Ortodoxa considerou uma campanha que retrata profissionais da saúde como santos uma blasfêmia e um insulto a iconografia cristã.

A campanha que abarca toda a Europa retrata enfermeiros e médicos em um estilo que mistura elementos religiosos com quadrinhos.

Os pôsteres divulgados em Bucareste, capital da Romênia, foram criticados pela igreja do país.

“Não é apenas um ato de blasfêmia, mas também um insulto à profissão muito honrada de médicos que, como todos nós, não pensam que são santos ou salvadores improvisados e não exigem um culto público”, afirmou Vasile Banescu, porta-voz da igreja, à agência de notícias Reuters.

A prefeitura da cidade disse em comunicado que pedirá às empresas de publicidade ao ar livre para remover os pôsteres “que podem ser substituídos por imagens que homenageiam médicos-heróis sem prejudicar a fé dos transeuntes”.

Filho, esposo e pai.

Trending