Siga-nos!

Política

Governo Bolsonaro quer que presos trabalhem para pagar seus custos

Rio Grande do Sul e Santa Catarina podem receber projeto modelo.

Michael Caceres

Publicado

em

Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa / PR)

O governo Bolsonaro quer acabar com a vida mansa nos presídios e possibilitar oportunidades para os apenados, com presídios privados, presos trabalhando e ajudando a pagar seus custos com seus próprios salários.

A informação é da coluna de Carla Araújo, do portal UOL, que aponta que os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul poderiam servir como projeto piloto para a implantação deste novo modelo, o que solucionaria o problema carcerário no país.

Martha Seillier, secretária especial do Programas de Parcerias de Investimentos (PPI) do Ministério da Econômia, disse que a situação no país é bastante crítica, isso deverá forçar uma solução urgente para o enorme problema que se tornou a população carcerária.

“Hoje é o pior dos mundos, e o modelo de parceria público privada (PPP) pode ajudar a inverter esse cenário”, afirmou.

Os governos de SC e RS já teriam contribuído com a disponibilidade dos terrenos para a construção dos novos presídios. A iniciativa privada poderá atuar na parceria por até 35 anos no primeiro contrato.

“Já estamos com os dois pilotos em estruturação e na etapa de estudo de viabilidade para saber como será o ressarcimento do investidor privado ao longo dos 35 anos”, disse Martha.

Trending