Siga-nos!

Opinião

Governadores e prefeitos pretendem prender trabalhadores em casa?

Nossa economia não resistirá a uma depressão profunda.

Michael Caceres

Publicado

em

Trabalhador esganado por fiscais da prefeitura de Aracaju. (Foto: Reprodução / Youtube)

Fundaram tetrarquias a moda Herodes no Brasil e os governadores agora são senhores de seus estados, donos de tudo e de todos. Que formem seus exércitos e trincheiras nas fronteiras estaduais! A questão agora é saber: quanto tempo conseguirão manter trabalhadores em casa? Ou ainda: Governadores e prefeitos pretendem prender trabalhadores que tentarem sair?

E não coloque palavras onde não escrevi. Devemos ter cuidado sim, pois o vírus chinês é altamente transmissível, existe sim um grupo de risco que deve receber cuidados e a retomada da economia deve ser feita de maneira responsável, porém, a população não pode morrer de fome por conta do pânico criado em torno da doença. Os cidadãos já entenderam isso.

O que vai se desenhar nos próximos dias, que vou antecipar para que não digam que não avisei, é que a população começará a sair do confinamento, se dando conta de que não há dinheiro suficiente para manter-se quatro meses longe da labuta, mas enfrentará a oposição dos governadores e prefeitos. Ou estes terão de recuar e mudar o discurso, ou terão que mandar prender trabalhadores em casa.

“Michael, quer dizer que o empresário vai me obrigar a voltar ao trabalho?” Quem vai te obrigar a fazer o que não quer? Fique em casa! Cara pálida, se você pode, não saia. A questão é se realmente pode. Ou acredita que o empresário vai manter teu emprego nos meses de “quarentena”? Que haverá dinheiro suficiente para manter todos parados?

Se as condições são favoráveis, fique em casa. No entanto, todos devem ficar? Ou ainda: todos podem ficar? Se pode, fique. Agora, se defende que a economia pare, que o comércio feche e que todos se recolham em suas casas, então deveria incluir o caminhoneiro, que abastece o país. Deveria incluir também os supermercados, que repassam os alimentos. E os profissionais de saúde, que precisarão de alimentação, combustível e condições adequadas de trabalho.

Quer ficar em casa? Não sou eu que te arrastarei para as ruas. Mas e quanto aqueles que não têm recursos para ficar em confinamento? Quanto aos que têm filhos para sustentar? Há uma parcela da sociedade que ganha por dia de trabalho. Existe os trabalhadores autônomos que dependem de seus negócios para sobreviver. Ou os estados terão condições de sustentar toda essa gente?

A resposta para todas as perguntas é uma só — e não me convencem do contrário. Nossa economia não resistirá a uma depressão profunda e as mortes pela miséria serão maiores do que a do próprio Covid-19. Os tetrarcas governadores serão responsáveis por todo esse caos que se desenha e a história não perdoará. A menos que recuem e que baixem a guarda, retomando as atividades no próximo mês.

Trending