Siga-nos!

Política

Globo chama de “democrática” manifestação que pede ditadura comunista

Pessoas carregando símbolos nazistas foram presas.

Publicado

em

ANÚNCIO

Uma manifestação que pedia “ditadura do proletariado” na Avenida Paulista, Centro de São Paulo, neste domingo (14) recebeu a cobertura da Globo News como sendo “um ato em defesa da democracia. A palavra proletariado é usada para defender o comunismo.

A emissora ligada a Rede Globo fazia cobria o evento dizendo que se tratava de um ato democrático, quando passou pela câmera ativistas carretando a bandeira que defende o mesmo regime imposto em países como Cuba, Venezuela, Coreia do Norte e China.

ANÚNCIO

O grupo que seguiu em caminhada pela avenida, até chegar à estação Brigadeiro do Metrô, também contava com pessoas carregando símbolos nazistas, mas que acabaram sendo denunciados por uma mulher que estava na Avenida Paulista e foram presos.

Além disso, os manifestantes eram integrantes de torcidas de quatro times de futebol (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos), entidades estudantis, Somos Democracia, Frente Povo Sem Medo, MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), CMP (Central de Movimentos Populares), coletivo de mulheres, entre outros movimentos de esquerda.

ANÚNCIO