Siga-nos!

Sociedade

Filho diz que Flordelis entregou texto para ele assumir autoria do assassinato do pai

Lucas Cézar dos Santos diz que copiou texto enviado pela mãe.

Michael Caceres

Publicado

em

Anderson do Carmo e Flordelis. (Foto: Reprodução / Facebook)

Um dos filhos da deputada federal Flordelis, que era casada com o pastor Anderson do Carmo, revelou à Polícia Civil que a mãe escreveu a carta entregue por ele a polícia para mudar a sua versão sobre o crime. Ele diz que apenas copiou o texto dentro do Presídio Bandeira Stampa, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio.

Segundo o Extra, Lucas Cézar dos Santos, que é acusado de envolvimento na morte do pastor, teria dito a polícia que o texto foi entregue por Flordelis para que ele assumisse a responsabilidade pela morte do pastor, isentando seu irmão, Flávio dos Santos Rodrigues, de ter participado do crime.

Os dois estão presos e o texto teria chegado até ele através da mulher de um detento, que teria entregue com as orientações para que ele copiasse e entregasse a polícia sua confissão, livrando o irmão.

“A carta veio pra mim na mão. Só copiei a carta. Foi minha mãe que mandou pra mim a carta da rua”, afirmou Lucas em seu depoimento.

A mesma carta foi exibida por Flordelis no Fantástico, da Rede Globo, com o objetivo de comprovar que o crime teria partido do filho e ela diz que teria recebido a carta das mãos da mulher de um preso, que trouxe para a parlamentar a correspondência a pedido de Lucas.

Quando questionado sobre o motivo de ter aceitado fazer a confissão, Lucas diz que não aguentava mais ver o seu irmão Flávio “choramingando” e que teria recebido a promessa que o irmão o ajudaria quando ele fosse solto e que “botaram um novo advogado”, Marcelo Pires, que passou a defendê-lo.

“Todo dia era um chororô no meu ouvido. Mas no dia da audiência, eu ia chegar e mostrar a carta com a assinatura dela (Flordelis) pro juiz”, afirmou Lucas.

Trending