Siga-nos!

Opinião

Felipe Neto no Roda Viva: o papagaio autoritário do politicamente correto

Um país que tem o youtuber como referência no debate público, não pode ir muito longe.

Maycson Rodrigues

Publicado

em

Felipe Neto no Roda Viva (Reprodução / Youtube)

Precisamos começar o artigo de forma positiva. Felipe Neto é um grande influenciador digital e quem nega isso está apenas sendo invejoso. O jovem conseguiu ir longe, no tocante ao ambiente holográfico da internet, e tem seus méritos nisso.

Contudo, o ambiente holográfico não reflete a totalidade da realidade. E quando você compara o Felipe Neto virtual, que está por detrás de um teclado ou num vídeo cuidadosamente editado, com o Felipe Neto real, que fala ao vivo numa entrevista feita por um time deprimente de bajuladores, a máscara da personagem cai.

Ele provou no programa Roda Viva que, como figura pública relevante ao debate político nacional, ele é um ótimo jogador de Minecraft.

Repete como um papagaio todas as lacrações do politicamente correto que deve ler e assistir diariamente nas páginas clichês e caça-likes “Quebrando o Tabu” e “Mídia Ninja”; citou Winston Churchill como uma criança de 5 anos cita Aristóteles; criticou a meritocracia com argumentos bizarros e demonstrou que não sabe quase nada daquilo que fala. É um mero papagaio autoritário do politicamente correto.

E isso nos leva a uma reflexão que vai além da crítica à sua participação no programa. Precisamos pensar que este é o maior influenciador digital do Brasil. E que esta figura tosca é a representante da oposição política ao governo.

Um país que tem Felipe Neto como referência no debate público, não pode ir muito longe.

Sua fala sobre o impeachment da ex-presidente Dilma, chamando o processo legítimo de golpe, foi simplesmente patética. E a bancada da lacração ficou apenas ali, no programa inteiro, de coadjuvante de um espetáculo trágico: um bobo da corte política falando para massagear o ego de jornalistas militantes.

Espero assim contribuir para te poupar de perder uma hora do seu dia assistindo a essa entrevista simplesmente desnecessária e que você possa ter a convicção de que os dias são maus não porque temos um governo fascista, mas porque temos figuras públicas verdadeiramente fascistas como Felipe Neto que mal sabem do que falam e ainda sim possuem milhões de ouvidos que lhe ouvem e ainda dão crédito ao que ele diz.

Estamos num tempo em que um cego guia outro cego para o abismo.

Casado com Ana Talita, seminarista e colunista no site Gospel Prime. É pregador do evangelho, palestrante para família e casais, compositor, escritor, músico, serve no ministério dos adolescentes da Betânia Igreja Batista (Sulacap - RJ), na juventude da PIB de Vilar Carioca e no ministério paraeclesiástico chamado Entre Jovens. Em 2016, publicou um livro intitulado “Aos maridos: princípios do casamento para quem deseja ouvir”.

Trending