Siga-nos!

Opinião

Discriminação conceitual

Ignorante é aquele que pensa que somos leigos.

Sidnei Osvaldo Ferreira

Publicado

em

Isaac Newton. (Getty Images/Hulton Fine Art Collection/Imagno)

Alguns pensam que ser crente é ser irracional, alienado e dogmático, essa ideia distorcida acerca da cultura cristã tem gerado uma discriminação conceitual entre algumas pessoas que, por falta de conhecimento histórico em relação a nossa história, tem nos confrontado, subestimando a nossa capacidade de pensar, raciocinar e, sobretudo, de realizar.

Mas a verdade está registrada nas páginas da história. Não podemos esquecer o quanto os “crentes” contribuíram para o progresso da humanidade. A nossa influência está presente na formação moral, ética e cultural e isso ninguém pode negar. Apresento-vos o que a reforma fez na Europa e nos países desenvolvidos – chamados de “primeiro mundo”.

A grande contribuição cristã em todas as esferas da vida: na arte, arquitetura, literatura, música, filosofia, tecnologia e no surgimento e desenvolvimento da ciência, economia, política e do progresso histórico. Desafiamos a supremacia ardil de Roma e causamos a ruptura dogmática proporcionando à humanidade um novo tempo de descobertas, avanços científicos e, sobretudo, a liberdade de expressão.

A contribuição protestante para o progresso da humanidade ainda hoje é objeto de estudo e teses de doutorado em inúmeras universidades de âmbito internacional.

Quero também ressaltar das missões protestantes ao norte da África, Ásia e América Latina que combateram o analfabetismo e aumentaram a perspectiva de vida de milhões de pessoas estimulando a fundação de Escolas, Universidades e hospitais cooperando com a assistência e a responsabilidade social.

Lutamos contra o racismo mundial nas pessoas de: Martin Luter King Jr. (pastor Batista) e o bispo anglicano Desmond Tutu, lideramos o movimento abolicionista do tráfico negreiro, abolindo a escravidão na Inglaterra, assinando o Ato contra o Comércio de Escravos de 1807, por meio de um grupo evangélico liderado por William Wilberforce, um deputado britânico, mas também um cristão fervoroso, cuja vida se tornou inspiração para o filme “Jornada pela liberdade”.

Elaboramos projetos de assistência, integração e recuperação social e formamos entidades assistenciais como a Cruz Vermelha Internacional, o Exército de Salvação e os Alcoólicos Anônimos que são fundações de origem protestantes.

Fomos considerados pelos socioantropólogos contemporâneo como “o reduto moral da sociedade”, devido à imensa influência que a igreja exerce na formação dos princípios éticos e morais, resgatando vidas da degradação e degeneração social e reintegrando-as a sociedade com dignidade e cidadania.

Por fim menciono celebres eruditos, intelectuais de todas as áreas e campo cientifico, que conciliaram harmoniosamente a fé com a razão, testemunhando sua crença teísta e cristã, citaremos apenas alguns como:

  • Giordano Bruno;
  • Jan Huss;
  • Jerônimo de Praga;
  • Savonarola;
  • John Wiclife;
  • Lutero;
  • Calvino;
  • C. S. Lewis;
  • F. F. Bruce;
  • Johannes Kepler (1571-1630), fundador da Astronomia Física;
  • Galileu (1564-1642), Físico e Astrônomo;
  • Blaise Pascal (1623-1662), Filósofo e matemático, pai da ciência da hidrostática e um dos fundadores da hidrodinâmica; Robert Boyle (1627-1691), o pai da química moderna;
  • Isaac Newton (1642-1717), considerado pela maioria dos scholars como o maior cientista de todos os tempos;
  • Thomas Burnet (1635-1715), um dos primeiros geólogos da época;
  • William Whiston (1667-1752), sucessor de Newton;
  • John Woodward (1665-1728), um dos fundadores da ciência da geologia;
  • Carolus Linneaus (1707-1781), pai da taxonomia biológica;
  • Soren Kierkegaard, teólogo e filósofo dinamarquês;
  • William Herschel (1738-1822), notável crente e astrônomo;
  • Michael Faraday (1791-1827), um dos maiores físicos de todos os tempos;
  • Samuel F.B.Morse (1791-1872), inventor do telégrafo;
  • Louis Agassiz (1807-1873), crente paleontologista, foi o pai da geologia glacial e da ciência da glaciologia;
  • Oliver Cromwell (Protetor da Inglaterra);
  • Milton, poeta inglês;
  • John Owen, vice-reitor de Oxford;
  • Abraham Kuyper, fundador da Universidade livre de Amsterdã, estadista, jornalista;
  • John Dalton (1766-1844), pai da moderna teoria atômica.
  • D’ Aubigné (historiador);
  • Jonathan Edwards;
  • Francis Collins, diretor do projeto genoma;
  • Daniel Webster, considerado uma das mentes mais brilhantes dos últimos séculos;
  • Simon Greenleaf, cofundador da Escola de Direito de Harvard (que foi “a maior autoridade nas cortes americanas”, de acordo com Fuller, presidente da Suprema Corte de Justiça dos EUA).

“Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima.” (Louis Pasteur)

“Ignorante é aquele que pensa que somos leigos” (Sidney Osvaldo)

Casado com a nutricionista Vanessa Cristina Ferreira. Pai de Sidnei Gabriel Ferreira e Sarah Cristina Ferreira. Formado em teologia, filosofia, administração, pós-graduado em filosofia (UFBA) e Mestre em Teologia pela (FCU - USA). Pastor, professor, palestrante e escritor. Um cristão, salvo pela graça e servo pelo amor.

Trending