Siga-nos!

Mundo

Contra leis socialistas, cidades conservadoras podem “se mudar de estado”

Projeto de lei pode garantir mudanças, mesmo que cidades não estejam nas fronteiras

Avatar

Publicado

em

Mapa dos Estados Unidos. (Foto: Chris Lawton / Unsplash)

Liderado por democratas, o estado da Virgínia (EUA) está aprovando leis sobre controle de armas, aborto e proteções especiais à comunidade LGBT, preocupando a população mais conservadora do estado.

O deputado Gary Howell (Republicano) do estado da Virgínia Ocidental começou a dar apoio moral para os moradores que estão se sentindo deslocados diante de tantas mudanças e está convidando eles para se mudarem para o lado Ocidental.

Muitos moradores atenderam ao chamado e isso está provocando o chamado “Vexit”, a saída da Virgínia. “O que originalmente começou como apoio moral se transformou em algo muito mais”, declarou o deputado à CBN News.

Howell apresentou uma resolução que permitiria às localidades da Virgínia, com a permissão de seus governos locais e estaduais, além da aprovação dos eleitores da Virgínia Ocidental, ingressar no estado vizinho.

Ou seja, cidades hoje pertencentes à Virgínia, poderão solicitar a mudança para Virgínia Ocidental, mesmo que não estejam na fronteira. Howell diz que eles simplesmente se tornariam “ilhas da Virgínia Ocidental”.

Até o governador da Virgínia Ocidental, Jim Justice, está de acordo com essa resolução.

“Se você não está realmente feliz onde está – estamos de braços abertos para levá-lo da Virgínia ou de qualquer lugar que você esteja – apoiamos firmemente a Segunda Emenda e os nascituros”, declarou.

Trending