Siga-nos!

Sociedade

Com capacidade para 1.800 pacientes, hospital tem 210 leitos ocupados em SP

Hospitais de campanha permanecem ociosos e sem cobertura adequada.

Michael Caceres

Publicado

em

Hospital de Campanha do Anhembi (Foto: Edson Lopes Jr./Secom)

O Hospital de Campanha do Anhembi, construído para receber até 1.800 doentes invectados pelo vírus chinês, em São Paulo, está longe de sua lotação máxima, com apenas 210 pacientes internados, o que equivale a menos de 12% da capacidade do hospital.

Desde que foi inaugurado, em 25 de maio, a taxa de ocupação do hospital sempre ficou abaixo de 500 leitos, segundo informou uma comissão de deputados estaduais que está visitando esses hospitais para fiscalizar o atendimento durante a crise causada pelo coronavírus.

Segundo os deputados Coronel Telhada (PP), Adriana Borgo (Pros), Letícia Aguiar (PSL), Sargento Neri (Avante) e Marcio Nakashima (PDT) denunciaram em vídeo, o hospital permanece ocioso e sem uma cobertura adequada, com leitos vazios, camas sem colchão e equipamentos inutilizados.

A mesma situação foi registrada no Hospital de Campanha do Pacaembu, com capacidade para 200 pacientes e que permanece com menos da metade dos seus leitos ocupados, sendo que nos últimos dias a taxa de ocupação chegou a apenas 33 doentes em atendimento.

Trending