Siga-nos!

Sociedade

CNN demite jornalista por citar dados corretos sobre HIV em homossexuais

Comentarista foi acusado de homofobia ao citar informações doença.

Michael Caceres

Publicado

em

Leandro Narloch (Foto: Reprodução)

A CNN Brasil decidiu demitir o jornalista Leandro Narloch nesta sexta-feira (10) supostamente por ter feito “comentários homofóbicos” ao citar dados corretos sobre a transmissão de HIV em homossexuais.

Narloch comentava a decisão Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de revogar o trecho de uma resolução que impedia a doação de sangue por homens que mantiveram relações sexuais com outros homens nos 12 meses anteriores à coleta.

Ele usou o termo “opção sexual” e citou os dados de que homens homossexuais têm maior probabilidade de pegarem HIV, principalmente devido a maneira com que lidam com a questão. Ao citar esses dados, Narloch virou alvo de críticas e acusações de homofobia.

Através das redes sociais, o comentarista lamentou a demissão e afirmou ter sido pego pela “cultura de cancelamento”. Ele também negou ter sido homofóbico ao fazer o comentário.

Trending