Siga-nos!

China anuncia primeiro nascimento de broto de planta na Lua

O experimento poderá ajudar os astronautas que estão em missões longas no espaço a colher seu próprio alimento sem precisar voltar para Terra

Publicado

em

ANÚNCIO

A China anunciou que as sementes levadas para a Lua pela missão Chang’e-4 germinaram. Trata-se de um marco importante para a exploração espacial e se torna um fato inédito.

O Chang’e-4 saiu teve como missão explorar o lado oculto da Lua, uma região que, por conta da rotação sincronizada do satélite, está sempre de costas para a Terra.

ANÚNCIO

Esta sonda não-tripulada aterrissou no lado oculto da Lua em 3 de janeiro com equipamentos para analisar a geologia da região. Com o nascimento do broto, a expectativa é que os astronautas poderão colher seus próprios alimentos no espaço, sem precisar voltar à Terra para reabastecer.

Missões espaciais de longa duração, como para Marte que dura dois anos e meio, serão as mais beneficiadas com a plantação na Lua.

Os chineses enviaram sementes de algodão e batata, leveduras e ovos de mosca-das-frutas. Tudo que é necessário para criar uma “minibiosfera”, ou seja, um ambiente artificial autossustentável. As plantas estão em um recipiente lacrado a bordo da sonda e foram as sementes de algodão que começaram a brotar.

ANÚNCIO
ANÚNCIO