Siga-nos!

Sociedade

Brasil é reeleito para Conselho de Direitos Humanos da ONU

Venezuela acabou ficando com a outra vaga destinada a países da América Latina

Michael Caceres

Publicado

em

Damares Alves. (Foto: Flávio Gusmão/MDH)

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, usou o Twitter para anunciar, nesta quinta-feira  (17), a reeleição do Brasil para um assento no Conselho de Direitos Humanos da Organização Nações Unidas (ONU).

“O Brasil foi reeleito para assento no Conselho de Direitos Humanos das  Nações Unidas. Recebemos 153 votos, contra 105 da Venezuela (também eleita) e 96 da Costa Rica. Detalhe, recebemos 16 votos a mais que na última eleição, ocorrida em 2016. Na ocasião, entramos com 137 votos”, tuitou.

O Brasil disputava uma das duas vagas para a América Latina, juntamente com Costa Rica e Venezuela para o triênio de 2020 a 2023. Brasil e Venezuela acabaram ficando com as vagas.

A candidatura da Venezuela gerou muitas críticas, devido a atuação do ditador Nicolás Maduro, que vem sendo acusado de violação dos direitos humanos. Ironicamente eles acabaram conquistando uma vaga.

Trending