Siga-nos!

Política

Bolsonaro do Brasil reafirma laços com Trump, cita alegações de fraude eleitoral sem fundamento

Publicado

em

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro reiterou na quarta-feira alegações infundadas de fraude eleitoral nos EUA e continuou a apoiar o presidente Donald Trump, enquanto os partidários do líder americano invadiam o prédio do Capitólio.

Bolsonaro do Brasil reafirma laços com Trump, cita alegações de fraude eleitoral sem fundamento

Foto: (reprodução/internet)

As alegações de fraude

Bolsonaro, um ex-capitão do exército de extrema direita, há muito admira Trump e foi um dos últimos líderes globais a reconhecer a vitória eleitoral do presidente eleito Joe Biden.

Veja também: Brasil registra 1.242 mortes de COVID-19 e 63.430 novos casos

Na quarta-feira, Bolsonaro disse que acompanhou a invasão do Capitólio dos EUA por partidários de Trump que buscavam reverter a derrota do presidente nas eleições. A violação obrigou os legisladores a evacuar e o Congresso a adiar uma sessão que teria certificado a vitória de Biden.

Questionado por um apoiador sobre suas opiniões sobre as cenas caóticas em Washington, ele disse: Acompanhei tudo hoje. Você sabe que estou conectado ao Trump, certo? Então você já sabe minha resposta.”

“Houve muitos relatos de fraude, muitos relatos de fraude, acrescentou, em um vídeo postado nas redes sociais, sem fornecer provas.

Leia também: Bolsonaro critica fabricantes de seringas do Brasil por preços em alta

Bolsonaro também aproveitou a oportunidade para repetir uma reclamação infundada de que sua própria vitória nas eleições de 2018 foi manchada por fraude e ele deveria ter vencido sem um segundo turno.

A derrota de Trump nas eleições foi um golpe para Bolsonaro, que buscou laços mais estreitos com os Estados Unidos. A vitória de Biden provavelmente isolará o Brasil no cenário global e aumentará a pressão sobre a forma como Bolsonaro lida com o meio ambiente e os direitos humanos.

Traduzido e adaptado por equipe O Verbo News
Fonte: Reuters