Siga-nos!

Política

Bolsonaro diz para líderes evangélicos que país está no final da “provação”

Presidente da República participou de evento da Assembleia de Deus.

Publicado

em

ANÚNCIO

Durante sua participação na Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Evangélica das Assembleias de Deus do Distrito Federal e do Entorno, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil está vivendo a fase final de “uma grande provação”, em referência à pandemia causada pela covid-19.

O presidente da República também criticou o Judiciário, devido as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que atrapalharam sua gestão durante a crise, esvaziando os poderes do Executivo e passando as decisões sobre o isolamento social para os governadores e prefeitos.

ANÚNCIO

“Passamos por uma grande provação. Ou melhor, estamos no final dela”, disse, afirmando depois que espera que o país volte à normalidade ainda este ano. “Na parte econômica, o Brasil foi o que melhor se saiu. Quis o destino também que na área de saúde, aos poucos, ao se deixar de politizar a única alternativa que nós tínhamos, começou-se a salvar mais vidas”, acrescentou.

Ao falar sobre sua gestão, o presidente disse que teve de enfrentar “quase tudo, quase o mundo todo” ao tomar posições. “Tem uma passagem militar que vale para todos nós: pior que uma decisão mal tomada, é uma indecisão”. O presidente disse que tomou decisões “mesmo sendo tolhido pelo Poder Judiciário”.

Bolsonaro lembrou as críticas que recebeu por visitar regiões do Distrito Federal no início da pandemia, quando foi acusado de provocar aglomerações entre populares. Ele lembrou que em um momento difícil não poderia se esconder no Planalto.

ANÚNCIO

“Ou estou na frente e junto ou não estou fazendo um bom papel”, disse.

ANÚNCIO