Siga-nos!

Mundo

Antifascistas interrompem marcha contra pedofilia

“Marcha pelos Inocentes” foi interrompida por grupo radical de esquerda.

Publicado

em

ANÚNCIO

Um grupo de pessoas que promoviam uma manifestação contra a pedofilia em Dublin, na Irlanda, foi atacado por ativistas de esquerda da  Antifa, que se autointitulam antifascistas.

A “Marcha pelos Inocentes” foi organizada como um protesto contra o ministro da Infância, Roderic O’Gorman, que está sendo criticado por sua ligação com o ativista LGBT Peter Tatchell, que apoia o consentimento sexual para 14 anos.

ANÚNCIO

A manifestação também criticava a exposição de crianças a hormônios experimentais para mudança de sexo, educação sexual “extremista” em tenra idade, o que provocou a ira dos militantes radicais da esquerda, que consideram “fascistas” os que se opõem aos temas ligados a pedofilia.

Os manifestantes da marcha pelos inocentes foram hostilizados e atacados pelo grupo radical Antifa, que seguravam um cartaz dizendo: “Todos vocês fascistas estão perdidos”. Houve um início de tumulto.

ANÚNCIO
ANÚNCIO