Siga-nos!

Mundo

Apos Trump retirar tropas, Turquia inicia operação militar contra curdos na Síria

Curdos haviam atuado com os Estados Unidos no combate ao Estado Islâmico.

Michael Caceres

Publicado

em

Recep Tayyip Erdogan. (Foto: Murat Cetinmuhurdar/ Pool Photo via AP)

A Turquia iniciou nesta quarta-feira (9) uma operação militar na Síria, tendo como alvos a minoria curda, dois dias após o governo dos Estados Unidos retirar seus soldados da região.

Visto por muitos como um ditador, Recep Erdogan afirmou que seu bombardeio tinha o objetivo de criar uma “zona segura” e livre dos curdos que atuam no nordeste sírio.

Donald Trump, presidente americano, havia anunciado no domingo que retiraria as tropas americanas da fronteira entre Turquia e a Síria, afirmando que já era “hora de nós (EUA) sairmos dessas guerras sem fim, ridículas”.

“Vamos combater onde tivermos benefício, e apenas combater para vencer. Turquia, Europa, Síria, Irã, Iraque, Rússia e os curdos agora vão ter que solucionar essa situação e (decidir) o que fazer com os combatentes do Estado Islâmico capturados em sua ‘região'”, escreveu Trump no Twitter.

Com a saída das tropas americanas, abriu-se espaço para a atual ofensiva turca no nordeste da Síria. Os curdos chegaram a atuar juntamente com os Estados Unidos no combate ao Estado Islâmico.

Trending