Siga-nos!

Política

André Mendonça é o novo ministro da Justiça

Pastor presbiteriano chefiava a Advocacia-Geral da União.

Neto Gregório

Publicado

em

André Mendonça. (José Dias / PR)

O governo federal anunciou o advogado e pastor presbiteriano André Luiz Mendonça, ex-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), para o lugar de Sérgio Moro no Ministério da Justiça.

Moro pediu demissão do cargo via imprensa e acusou o presidente Jair Bolsonaro de “interferência política” na pasta. As acusações foram levadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

Mendonça, que vinha fazendo um bom trabalho à frente da AGU, é um nome que agrada a base eleitoral de Bolsonaro, já que é “terrivelmente evangélico”, nas palavras do presidente.

Em seu Twitter, o doutor agradeceu a confiança do presidente e afirmou que seu compromisso é “continuar desenvolvendo o trabalho técnico que tem pautado” sua vida.

André cursou Direito em Bauru (SP) e Teologia, em Londrina (PR). Fez pós-graduação em Direito Público na Universidade de Brasília (UnB), mestrado e doutorado na Universidade de Salamanca, na Espanha. Ele é pastor na Igreja Presbiteriana Esperança, em Brasília.

O ministro da Justiça é um dos preferidos do presidente para assumir uma vaga no STF.

Trending