Siga-nos!

Política

Âncora da GloboNews fala em “golpe do bem” para depor Bolsonaro

Lucas Mendes defende que vice-presidente assuma o Planalto.

Publicado

em

ANÚNCIO

Para o âncora do Manhattan Connection, Lucas Mendes, os militares deveriam dar um “golpe do bem” e forçar a saída do presidente Jair Bolsonaro para que o seu vice, general Hamilton Mourão, assumisse em seu lugar.

A sugestão foi dada no domingo (24), durante videochamada de seu apartamento em Nova York.

ANÚNCIO

“Amigos e colunistas acham que muitos militares apoiam Bolsonaro, pode haver um golpe”, disse.

“A minha impressão é que os militares, principalmente os oficiais, estão mais horrorizados do que o povo brasileiro com essa atuação do presidente na reunião do ministério. O golpe pode vir de dentro.”

Ele avaliou que os militares poderiam evitar um processo de impeachment.

ANÚNCIO

“Acho mais fácil um golpe do bem. Que os militares pressionem para ele sair e coloquem o vice”, afirmou.

Já o jornalista Diogo Mainardi, de O Antagonista, que participou diretamente de Veneza, disse não enxergar clima para um impeachment, mas “há necessidade de afastar o Bolsonaro do Palácio do Planalto”.

“A saída do Bolsonaro é a única chance para que a gente consiga se reorganizar”, acredita. “Se o Bolsonaro não for punido, a democracia brasileira vai se espatifar”, afirmou.

ANÚNCIO