Siga-nos!

Mundo

Amor na época do COVID-19? ‘Não, obrigado’ dizem os casais divorciados do Brasil

Publicado

em

Amor na época do COVID-19? 'Não, obrigado' dizem os casais divorciados do Brasil

Foto: (reprodução/internet)

O Brasil registrou um número recorde de divórcios durante o segundo semestre de 2020, disse o colégio nacional de notários nesta quinta-feira, quando casais ficaram doentes após longos períodos confinados em casa durante o coronavírus pandemia.

O maior país da América Latina, lar do segundo surto mais letal do mundo depois dos Estados Unidos, registrou 43.859 divórcios nos últimos seis meses do ano passado, um aumento de 15% em comparação com o mesmo período de 2019, e o maior total desde o início da manutenção de registros em 2007, a faculdade disse

Fique por dentro: Vale do Brasil vai alienar ativos de carvão em dificuldades em Moçambique

Outubro viu o maior número mensal de divórcios já registrado, disse a faculdade, com mais de 7.600 em todo o Brasil. Ele disse que o número total de divórcios em todo o ano de 2020 foi menor do que em 2019, mas apenas porque os cartórios foram fechados durante março e parte de abril do ano passado em meio à primeira onda da pandemia.

No entanto, uma ferramenta lançada para permitir que os casais registrem o divórcio online também provavelmente aumentou os números, já que os parceiros acharam mais fácil se separar oficialmente, disse o relatório.

Traduzido e adaptado por equipe O Verbo News
Fonte: Reuters