Siga-nos!

Sociedade

A vida está vencendo no julgamento do STF sobre aborto em casos de zika

Ação será julgada improcedente com mais um voto

Publicado

em

ANÚNCIO

O julgamento, em sessão virtual, no Supremo Tribunal Federal (STF) da ação que propõe descriminalizar o aborto em casos de infecção por zika vírus tem, por enquanto, cinco votos contrários.

A pauta foi colocada em votação pela ministra Cármen Lúcia. Ela, que é relatora da ADI 5581, se manifestou contrária ao pedido, o que foi seguido por todos os ministros que votaram: Edson Fachin, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Alexandre de Moraes.

ANÚNCIO

A ação pela descriminalização foi proposta pela Associação Nacional de Defensores Públicos (Anadep).  O órgão acredita que a mulher deve ter a “possibilidade de escolher não continuar com gravidez que lhe causa intenso sofrimento”.

O texto já foi incluído e retirado de pauta duas vezes no ano passado após pressão de movimentos pró-vida.

Os ministros têm até a próxima quinta-feira (30) para votar. Você pode acompanhar o julgamento nesta página, na aba “sessão virtual”.

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Filho, esposo e pai.